segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Outubro confirma instabilidade no preço das casas

O mês de outubro confirmou a instabilidade no preço da habitação em Portugal (Continental) que se tem vindo a fazer sentir desde o Verão. De acordo com os dados do Índice Confidencial Imobiliário (Ici), em outubro os preços das casas voltaram a apresentar uma ligeira recuperação (0,3% face a setembro), dando sequência a um período iniciado em maio passado e que tem sido marcado pela oscilação quase mensal entre quebras e valorizações.

Desde maio, o primeiro mês em que os preços cresceram desde agosto de 2010, (+0,4% em termos mensais), o ICi apresentou uma valorização mensal dos preços em julho e outubro, intercalando com descidas em junho, agosto e setembro.

Ainda em termos mensais, a recuperação foi motivada pela performance dos fogos novos, cujos preços valorizaram 1,4% em outubro, já que nos fogos usados, os preços recuaram 0,5% face ao mês anterior.

Em outubro, esta ligeira recuperação refletiu-se também na variação homóloga, que recuperou de -3,9% em setembro para -3,5% em outubro.

Na Área Metropolitana de Lisboa (AM Lisboa), o comportamento em outubro foi semelhante ao do mercado nacional, com uma subida ligeira de 0,2% face a setembro. Também neste caso foram os fogos novos a impulsionar os preços, com uma valorização de 1,8%. Na AM Lisboa, o preço dos fogos desceu 0,7% face a setembro. Em termos homólogos, a nota também foi de recuperação. Ainda que a evolução dos preços se tenha mantido em terreno negativo (-3,8%) em outubro, recuperou face aos -4,3% registados no mês anterior.

Fonte: Ci