segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Certificados energéticos com queda de 18,3% em 2013

Apesar de valorizarem os imóveis, os certificados energéticos apresentaram, entre Janeiro e Setembro de 2013 uma queda de 18,3% em relação ao mesmo período do ano anterior.

A certificação energética é uma realidade incontornável no mercado imobiliário nacional, sendo à partida sinónimo de garantia de qualidade do produto que se está a transaccionar. Mesmo nos casos em que a classe energética é baixa, o mapeamento das medidas a adoptar para melhorar o desempenho energético do imóvel potencia um futuro mais 'verde' e de valorização do património edificado.

Continuar a ler...
Fonte: SOL