segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Reabilitação urbana "será mais simples e mais barata"

O Governo está apostado em promover a reabilitação urbana, tornando-a “mais simples e mais barata”. Aprovou ontem, em Conselho de Ministros um regime “excecional e transitório” tendo em vista “simplificar as disposições técnicas obrigatórias” na recuperação de edifícios ou frações com mais de 30 anos. O ministro do Ambiente fala em reduções no custo da construção na ordem dos 20% a 40%.

O novo regime, resultado do trabalho conjunto dos Ministérios do Ambiente e da Economia, estará em vigor durante sete anos, coincidindo com o novo quadro de financiamento comunitário ‘Portugal 2020’.


Fonte: DV