quinta-feira, 20 de março de 2014

AM Porto: Promoção de fogos novos cai 26% em 2013

De acordo com as estatísticas Ci/ADENE*, em 2013 foram emitidas por esta última entidade Declarações de Conformidade Regulamentar (DCR’s) para 1.030 fogos novos na Área Metropolitana do Porto (AM Porto), o que evidencia uma queda de 26% face ao volume de fogos novos para os quais foram emitidos estes DCR’s em 2012.

Esta queda resulta do facto de o número de projetos de promoção nova ter decrescido na região. Em 2013, foram emitidos DCR’s para um total de 373 projetos (que englobam os 1.030 fogos) de promoção nova na AM Porto, abaixo dos 530 projetos certificados no ano anterior.

O segmento de habitações unifamiliares foram os que registaram a queda mais acentuada, passando de 465 projetos certificados em 2012 para 326 em 2012. Este tipo de projetos concentrava em 2013, 86% do conjunto de projetos certificados. Com 8% dos projetos certificados estão os edifícios de apartamentos que possuem até 10 fogos.

Do total dos 1.030 fogos para os quais foram emitidos DCR’s em 2013 na AM Porto, cerca de 40% (399 fogos) localizavam-se no concelho do Porto, seguindo-se Vila Nova de Gaia(com 17%), e destacando-se ainda Vila do Conde, Matosinhos e Póvoa do Varzim, com quotas entre 9% e 11%.

No Porto (concelho), estes 399 fogos estavam integrados num total de 66 projetos de promoção nova. Quase 90% destes fogos pertenciam a projetos de edifícios de apartamentos.

Fonte: Ci
* As estatísticas Confidencial Imobiliário /ADENE analisam os dados resultantes do número de DCR’s (declaração provisória de eficiência energética), que são certificados provisórios relativos à eficiência energética, emitidos pela ADENE – Agência para a Energia. Estes DCR’s são emitidos numa fase anterior à emissão da licença municipal de construção, pelo que constituem intenções de obra ainda em carteira.