segunda-feira, 17 de março de 2014

B. Prime apresenta resultados de 2013

No pior ano de sempre para o mercado de escritórios de Lisboa que registou apenas 77.802m2 de área absorvida, a B. Prime fechou o ano de 2013 com aproximadamente 9.500m2 colocados.

Na área de agência de escritórios, por si só, a B. Prime registou um crescimento de 50% da sua facturação anual que foi superior a 300.000 Euros.

Num ano em que o mercado esteve fortemente retraído e em que foram colocados apenas 77.802m2, a agência de escritórios da B. Prime concluiu várias transacções relevantes que contribuíram para a colocação de cerca de 80% do edifício Espace, 90% da Torre Zen, a totalidade do edifício Explorer e 50% do edifício Barbosa du Bocage, 113.

A B. Prime é actualmente responsável pela comercialização de escritórios para arrendamento e venda, num total de 45.000m2, dos quais 23.000 m2 em co-exclusividade e 22.000 m2 em exclusividade, nas diferentes zonas da Grande Lisboa, mantendo a sua estratégia de selecção criteriosa dos imóveis que comercializa.

Durante o ano de 2013 foi mandatada para comercializar três novos espaços de escritórios. Em regime de exclusividade, a B. Prime é agora responsável pela comercialização do edifício Office Oriente, detido pelo fundo alemão Deutsche Asset & Wealth Management, do grupo Deutsche Bank e em regime de co-exclusividade está a cargo da comercialização das Torres E & G, do complexo das Torres de Lisboa.

Neste último ano, a B. Prime esteve envolvida nalguns dos maiores negócios do ano. Segundo Jorge Bota, Managing Partner da B. Prime: “No ano de 2013 a área transaccional teve um crescimento substancial na B. Prime que esteve claramente em contraciclo, uma vez que o mercado de escritórios de Lisboa registou o seu pior resultado de sempre.

Estivemos envolvidos, juntamente com outras consultoras, em dois dos maiores arrendamentos do ano nomeadamente a totalidade do Edifício Explorer, que foi o 3º maior negócio do ano e a colocação de uma empresa nova em Portugal, a Subsea7, na Torre Zen que foi o 8º maior negócio.

O nosso EBIDTA triplicou tendo a área de agência sido a principal impulsionadora deste resultado, num ano difícil para o mercado imobiliário português.

Para 2014, ano em que celebramos o nosso 5º aniversário, queremos manter o crescimento da empresa e eventualmente apostar noutras áreas de negócio.”

Desde a sua génese, a B. Prime apostou num core business específico, o segmento de escritórios nas suas várias vertentes, nomeadamente Corporate – Tenant Representation, Investimento, Agência e Arquitectura e Gestão de Projectos, embora apoiando os seus clientes noutras áreas como a de Retail ou Indústrial.

Fonte: B. Prime