quarta-feira, 19 de março de 2014

Maioria de vistos 'gold' deriva de investimento chinês

A maioria dos vistos 'gold' atribuídos por Portugal foi emitida por investimento oriundo da China, com Hong Kong e Macau a contribuírem com 20% do total, revelou hoje em Macau o cônsul-geral de Portugal.

Reportando-se aos dados até 27 de Fevereiro, Vítor Sereno recorda um investimento global de 400 milhões de euros, sublinhando que cerca de 75%, ou 529 vistos 'gold' são oriundos da China, incluindo as regiões administrativas especiais de Macau e Hong Kong.

Tendo em consideração os dados e as especificidades das duas Regiões Administrativas Especiais chinesas, Vítor Sereno diz-se "bastante satisfeito" por as missões que dirige terem proporcionado ao país um "investimento de 50 a 60 milhões de euros".


Fonte: SOL