segunda-feira, 17 de março de 2014

Portugal regressa ao mapa dos investidores de imobiliário

"Isto é uma novidade em relação ao ano passado", quando, pura e simplesmente, a perspectiva era "não se investe em Portugal, porque o risco do país era demasiado elevado, qualquer que fosse o retorno", disse à Lusa o diretor do departamento de investimento da Cushman & Wakefield, Luís Rocha Antunes.

"Há uma considerável retoma de confiança do ponto de vista de alguns investidores internacionais em relação à viabilidade da Europa do sul", garantiu o representante de uma das empresas participantes no Mercado Internacional de Profissionais de Imobiliário (MIPIM), que terminou hoje, em Cannes.


Fonte: Notícias ao Minuto