quarta-feira, 26 de março de 2014

Rodrigo Adão da Fonseca: ‘Vistos gold’? Sim ou não?

Portugal aprovou recentemente legislação que permite a cidadãos de estados terceiros obter autorização de residência e, eventualmente, nacionalidade portuguesa, para si, e para os seus.

A autorização depende do cumprimento de uma série de requisitos, nomeadamente, da aquisição de imóveis de valor igual ou superior a 500 mil euros, da transferência de capitais de montante igual ou superior a 1 milhão de euros, ou da criação de, pelo menos, 10 postos de trabalho. O investimento efectuado tem de se manter durante pelo menos cinco anos, sendo exigido ao requerente um cadastro limpo.


Fonte: DE