segunda-feira, 7 de abril de 2014

Europa Central e de Leste dominam a promoção de novos centros comerciais

No ano passado, a Europa Central e de Leste continuaram a dominar a promoção de novos centros comerciais, tendo totalizado cerca de 70% das novas aberturas na segunda metade de 2013 (2,4 milhões de m2), de acordo com a última edição do European Shopping Centre Development, estudo publicado semestralmente pela Cushman & Wakefield (C&W).

Em geral, a promoção de novos centros comerciais recuperou consideravelmente na segunda metade de 2013 com a abertura de 3,6 milhões de metros quadrados de área bruta locável (ABL). Este valor é o dobro do espaço aberto no primeiro semestre do ano, apesar de ser mais baixo do que o previsto por alguns projetos terem sofrido atrasos.

Atualmente, o total de área ocupada por centros comerciais na Europa é de aproximadamente 154 milhões de metros quadrados (ABL). França continua a ser o maior mercado do setor com 17,3 milhões m2 de ABL, seguida do Reino Unido com 16,9 milhões m2 e Rússia com 16,8 milhões m2. Contudo, as previsões apontam para que a Rússia ultrapasse o Reino Unido até ao final deste ano.

Se todos os projetos previstos e em construção até 2015 abrirem na Rússia, este país passará mesmo a ser o com maior ABL de centros comerciais na Europa. Estão cerca de 2,6 milhões de metros quadrados com abertura prevista para 2014 e 2015, incluindo o que será o maior centro comercial da Europa, o Avia Park em Moscovo (235.000 m2). A Rússia está assim em primeiro lugar do ranking de aberturas previstas.

Por sua vez, a Turquia ocupa o segundo lugar com 2,2 milhões de m2 previstos para inaugurar até ao final de 2015. França ocupa o terceiro lugar em termos de pipeline com 1,3 milhões m2 previstos.

Fazendo uma previsão para 2014, existem 203 novos centros comerciais em construção na Europa com abertura prevista, dos quais 127 estão localizados na Europa Central e de Leste.

A Ucrânia, Turquia e Rússia continuarão a liderar no que respeita à promoção no setor, com um crescimento previsto, nos três países, de dois dígitos em relação ao total de ABL.

Portugal. No que se refere a Portugal, desde 2010 que a oferta de centros comerciais no mercado nacional tem vindo a corrigir, adaptando-se à nova realidade deste setor, cujo potencial de crescimento é cada vez mais reduzido. Em 2013 não se verificou nenhuma abertura de centros comerciais e até ao final de 2014 apenas se prevê a expansão do Forum Algarve e a abertura do Alegro Setúbal.

Em construção encontram-se apenas três centros comerciais. O Alegro Setúbal, resultante da expansão do Jumbo de Setúbal e que contará na sua inauguração, prevista para o final de 2014, com uma superfície total de 42.500 m2. O Dolce Vita Braga (42.000 m2) e o Évora Shopping (16.000 m2), ambos nas mãos de bancos nacionais, estão também em condições de abrir brevemente.

Fonte: Cushman & Wakefield