quinta-feira, 8 de maio de 2014

Emerging Trends in Real Estate Europe 2014

A recuperação está em curso. É essa a conclusão fundamental do relatório "Emerging Trends in Real Estate Europe 2014", uma publicação conjunta da PwC e do ULI – Urban Land Institute, que estabelece as tendências do sector imobiliário europeu para o ano de 2014.

O "ranking" das cidades europeias. Com os entrevistados a olharem cada vez "mais para o futuro do que para o passado", o otimismo voltou e os investidores vêm alguns sinais de recuperação.

Consequentemente, as perspetivas em relação às cidades europeias em 2014 estão consideravelmente melhores do que em 2013, com os investidores a classificarem mais e melhor as cidades europeias.

Este ano a média ronda uma classificação de "3,58" ("bom mais") para investimento e "3,17" ("bom") para promoção. 

Estas classificações estão entre as melhores em 9 anos (!), em claro contraste com o ano passado, em que as classificações atribuídas se encontravam entre as mais baixas desde 2006.

O papel da sustentabilidade. Há três anos atrás, a sustentabilidade entrou no relatório "Emerging Trends in Real Estate Europe 2014" como uma breve nota de rodapé, com a maioria dos entrevistados a negarem a sua potencial função económica.

Mas desde então, a indústria percorreu um longo caminho, com a sustentabilidade a ter hoje uma função económica cada vez mais importante nas escolhas nos investidores. Apenas uma pequena minoria dos entrevistados – cerca de 12% – dizem que a sustentabilidade não terá impacto seus negócios neste ano.

Fonte: Ci