segunda-feira, 30 de junho de 2014

Aguirre Newman e B. Prime colocam empresa de comunicações na Torre Zen

A Aguirre Newman e B. Prime colocaram uma empresa de comunicações na Torre Zen, propriedade da Standard Life Investments.

Esta empresa de comunicações de grande dimensão a nível nacional irá ocupar a totalidade do 12º piso da Torre Zen, um edifício de escritórios que se situa em plena Av. D. João II, no Parque das Nações. Neste processo negocial a Aguirre Newman acompanhou a procura e a B.Prime representou a o proprietário, traduzindo-se numa colocação de cerca de 700m².

A Torre Zen, que agora acolhe a sede desta empresa em Portugal, está a ser comercializada em regime de exclusividade pela B. Prime. Ganhou o Prémio dos Óscares do Imobiliário na categoria de Melhor Edifício de Escritórios, em 2003, tem vista panorâmica sobre o rio e o Parque das Nações e usufrui de uma vasta rede de serviços e transportes públicos.

Com cerca de 21.000 m² de área bruta de construção distribuídos por 5 caves e 13 pisos de escritórios com total flexibilidade nos seus espaços interiores a Torre Zen, um dos principais ícones do Parque das Nações, acolhe empresas como a Subsea7, a UHU, a TNT, as Páginas Amarelas, entre outras.

De acordo com Eduardo Fonseca, Director do Departamento de Escritórios da Aguirre Newman: “Tendo como principal objectivo, a identificação de um escritório de qualidade e versatilidade numa zona moderna da cidade que se coadune com a sua actividade, o Parque das Nações (Zona 5) foi a zona seleccionada. Após visitas às diferentes alternativas, a Torre Zen, cumprindo todos os requisitos, foi a opção elegida. Contamos assim, com mais uma empresa de renome a fazer parte do panorama empresarial de Lisboa”.

Segundo Paulo Henriques, Partner da B. Prime: “Esta empresa seleccionou a Torre Zen por ser um edifício de escritórios moderno, próximo do aeroporto e com características ímpares. Esta empresa que vai agora instalar-se no 12º piso vai usufruir de uma vista de 360º sobre a cidade de Lisboa e o rio Tejo, uma das características que destaca a Torre Zen de outros edifícios concorrentes no Parque das Nações.”

Fonte: Aguirre Newman e B. Prime