quarta-feira, 18 de junho de 2014

Há mais jovens a querer viver no centro das cidades. Mas é possível?

Os pais, fiadores tradicionais, deixaram de ter disponibilidade financeira e a banca continua de mãos fechadas. Mas, bem feitas as contas, pode compensar viver no centro.

Há cada vez mais jovens casais a procurar casa nos centros urbanos, em particular em Lisboa. A página virou em 2012, com o mercado de arrendamento a dominar. A conclusão é de um estudo levado a cabo por uma agência de publicidade e marketing.

“Pela primeira em vez, em Lisboa, nos últimos 50 anos, há mais jovens casais a viver na cidade. Ou seja, cada vez mais se procuram aproximar do sítio onde trabalham”, revela à Renascença Vítor Tito, administrador da agência BBZ.


Fonte: RR