terça-feira, 8 de julho de 2014

'Lei do arrendamento não precisa de alterações drásticas', diz APEMIP

De acordo com o presidente da APEMIP, Luís Lima, «a lei do arrendamento não precisa, neste momento, de alterações drásticas», disse o responsável durante uma apreciação sobre o trabalho desenvolvido pela Comissão de Monitorização da Reforma do Arrendamento Urbano, com o ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia, Jorde Moreira da Silva.

O ministro recebeu o presidente da associação, no passado dia 2 de julho, para debater o tema, e receber propostas de alteração desta recente lei. Para Luís Lima, esta comissão de monitorização «é da maior utilidade para o mercado imobiliário português e em especial, para o próprio governo, por constituir uma garantia da existência do equilíbrio necessário entre todos os agentes do setor e assegurar uma forte dinamização, que é o seu objetivo máximo».


Fonte: VI