quinta-feira, 31 de julho de 2014

Nível de Atividade na Reabilitação Urbana cresce 23,8%

O índice que mede a evolução do nível de atividade das empresas a operar no segmento da Reabilitação Urbana registou um crescimento de 23,8% em junho, face ao mês anterior.

Esta melhoria no Indicador de Atividade foi acompanhada por um aumento de 2,4% do índice que mede a evolução da Carteira de Encomendas, com o número de meses de atividade assegurada neste segmento a superar, pela primeira vez, os 5 meses.


Nos primeiros 5 meses de 2014, foram licenciadas, pelas Câmaras Municipais, 2.975 obras de reabilitação urbana, das quais 1.477 respeitam a edifícios habitacionais e 1.498 a edifícios não residenciais. Estes números traduzem, em termos homólogos, uma redução global de 2,2%, uma redução de 4,1% nos edifícios habitacionais e uma estabilização no licenciamento dos edifícios não residenciais.

Considerando apenas o mês de maio, as licenças emitidas para obras de Reabilitação registam um aumento homólogo de 5,8%, em resultado de um aumento de 13,5% das licenças emitidas para a reabilitação de edifícios não residenciais.

Fonte: Aiccopn