quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Finanças andam a cobrar-nos milhões de euros a mais em IMI

Um estudo levado a cabo pela DECO indica que, em 2013, o Estado cobrou 244 milhões de euros em excesso com o Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI). De acordo com a associação de defesa do consumidor, esta cobrança feita a mais deve-se ao facto de a idade e de o valor de construção dos imóveis não serem revistos de forma automática.

Com recurso à página de simulações “Pague menos IMI” e a um estudo levado a cabo pela revista ‘Dinheiro & Direitos’, a DECO adianta que as Finanças estão a cobrar o Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) em excesso, sendo que este valor a mais é de 244 milhões de euros, em 2013.


Fonte: Noticias ao Minuto