quinta-feira, 9 de outubro de 2014

O Salão Imobiliário de Portugal focado na internacionalização

Sob o signo da Internacionalização do sector que se renova pela Reabilitação Urbana aos olhos de muitos novos investidores, muitos deles estrangeiros e oriundos de mercados que não costumavam olhar para Portugal, abre hoje em Lisboa o Salão Imobiliário de Portugal (SIL2014), a única grande mostra do imobiliário que se realiza atualmente no nosso país.

Assumo, pelo segundo ano consecutivo, a honrosa e trabalhosa tarefa de presidir à Comissão de Estratégia do SIL, um salão que para mim, como para muitos outros profissionais que a ele dedicam grande parte da respectiva atenção, já começou há muito e há muito é o centro de todos quantos se preocupam em recolocar o imobiliário na agenda do crescimento e do desenvolvimento.

Neste primeiro dia deste importante salão, como habitualmente o dia da entrega dos prestigiados prémios SIL do Imobiliário, será concretizada, a anteceder a inauguração formal, na qual é esperado o senho ministro da tutela, Dr. Jorge Moreira da Silva, a assinatura de um Memorando de Entendimento para o Sector Imobiliário entre a Fundação AIP, a Ordem dos Arquitetos , a Ordem dos Engenheiros e a APEMIP, associação empresarial a que também presido.

A Reunião de Outono da Confederação da Construção do Imobiliário de Língua Oficial Portuguesa (CIMLOP) com a já clássica rodada de negócios que ela proporciona, a reunião de Outono marcada para amanhã e a Rodada de Negócios marcada para sexta-feira, serão, estou convicto, dois dos momentos significativos deste SIL 2014, também marcado por uma presença em força de investidores estrangeiros, com relevo para os investidores brasileiros.

Portugal começa a ser olhado no estrangeiro, do Brasil à China, passando por países árabes que tradicionalmente investem no estrangeiro, como é o caso do Dubai, mas também em Angola, na França, sem esquecer os mercados que há mais tempo olhavam para nós, como o britânico, Portugal começa a ser olhado como um dos grandes e mais seguros destinos para se investir no imobiliário.

Este vai ser aliás o tema do Seminário que a APEMIP realiza depois de amanhã no SIL e no qual são esperados além do senhor ministro da tutela, Dr Jorge Moreira da Silva, do Secretário de Estado do Turismo, Dr Adolfo Mesquita Nunes e do vereador da Câmara Municipal de Lisboa, arquiteto Manuel Salgado, dirigentes empresariais do sector vindos de Angola, do Brasil, da China e da França

O Salão Imobiliário de Portugal, que herdou o nome e o espaço do Salão Imobiliário de Lisboa (SIL) vai dar, precisamente no Seminário da APEMIP, um merecido destaque ao exemplo do Município de Lisboa no que toca a projetos de Reabilitação Urbana para a cidade. A Reabilitação Urbana é, cada vez mais, o grande comboio do renascimento do imobiliário como motor para a recuperação da nossa Economia.

Tudo isto vai estar, a partir de hoje e até domingo, na ordem dos dias pelas quais se estenderá este Salão Imobiliário de Portugal (SIL2014).

Luís Lima
Presidente da Comissão Estratégica do SIL




Fonte: Apemip