segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Vistos “gold”: chineses vêm para arrendar, angolanos para morar

Durante o Salão Imobiliário de Lisboa, o Negócios falou com representantes do sector imobiliário na China, França, Brasil e Angola e procurou traçar um perfil dos investidores internacionais.

O "negócio da China" à distância de um bilhete dourado. "A maioria só quer o visto ‘gold’", define Zhu Zhanhong, conselheiro do presidente da APEMIP para assuntos do Oriente. Os investidores chineses vêem para Portugal à procura de investimentos rentáveis no ramo imobiliário: os imóveis são arrendados a outras pessoas.


Fonte: Negócios