segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Semana da Reabilitação Urbana Porto 2014 arranca hoje no Ateneu Comercial do Porto

Tem hoje início a II Semana da Reabilitação Urbana Porto, um evento multidimensional dedicado à reabilitação urbana. O Ateneu Comercial do Porto é o palco principal desta iniciativa, que decorre até domingo, 30 de novembro, contemplando a realização de conferências, tertúlias, exposições e workshops, além de uma mostra de soluções e iniciativas relacionadas com a reabilitação urbana, onde empresas e outras entidades poderão mostrar a sua ação e promover contactos mais diretos com o público em geral e com outros profissionais.

O evento dirige-se aos profissionais e académicos que integram a reabilitação urbana na sua atividade diária, entidades públicas, associações do setor, mas também às famílias, às crianças e aos turistas, tentando levar este movimento a cada vez mais públicos.

Pretende por um lado, promover o contacto e o debate entre os profissionais sobre as melhores práticas na reabilitação urbana, mas também afirmar-se como uma ação de sensibilização da população em geral.



Arturo Malingre, diretor da Semana da Reabilitação Urbana, sublinha que “se trata de uma iniciativa que pretende ser palco privilegiado de discussão para traçar os caminhos de futuro que devemos seguir para continuar a recuperar a cidade com sustentabilidade. Estamos muitos satisfeitos com a adesão que a iniciativa registou uma vez mais, com um apoio transversal do setor empresarial, institucional e académico, além de entidades públicas, como são os casos da Câmara Municipal do Porto e da Porto Vivo,SRU”.

O ciclo de Conferências da Semana da Reabilitação Urbana terá, ao longo de cinco dias, mais de 90 oradores participantes em nove sessões, pensadas e delineadas com o contributo dos cinco comissários que assumiram a tarefa de dinamizar esta agenda e que incluem Manuel Reis Campos, Vasco Peixoto de Freitas, José Gigante, Álvaro Santos e Francisco Rocha Antunes. A primeira sessão, que decorre esta tarde, marca o arranque da Semana e tem como tema "Reabilitar o Passado, Construir o Futuro: Uma Prioridade para Portugal", contando com as presenças de Miguel de Castro Neto, Secretário de Estado do Ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e da Energia; e de Rui Moreira, Presidente da Câmara Municipal do Porto. Outro ponto alto deste ciclo será a conferência de dia 27 de novembro, um momento que assinala o 10 º aniversário da Porto Vivo, Sru.

Além do ciclo de conferências, no Ateneu Comercial do Porto os finais de tarde estarão reservados para um conjunto de encontros e tertúlias que visam ser um momento privilegiado para a partilha de ideias entre os profissionais e o público.

Os mais novos também não foram esquecidos neste alinhamento, e a pensar neles no fim-de-semana a organização traz de volta ao Porto o workshop de arquitetura “ArquiBrinca”, durante o qual as crianças terão que ultrapassar diversos desafios usando a criatividade e reflexão sobre o mundo da arquitetura e da Reabilitação.

Outro destaque da Semana da Reabilitação Urbana é o concurso de fotografia “ReTratar a Invicta”, que foi lançado no âmbito do evento e que superou uma centena de trabalhos a concurso. Os 20 finalistas já são conhecidos e vão estar em exposição no Ateneu Comercial. Os três vencedores são conhecidos a 27 de novembro.

Ainda na agenda da Semana da Reabilitação Urbana do Porto está uma iniciativa pioneira. Promovida pela Floret Arquitectura, a “Reunião de Obra Aberta” convida todos os interessados, profissionais ou apenas curiosos, a participar de uma visita aos estaleiros de duas obras de reabilitação atualmente em curso no Porto, nomeadamente na “Alexandre Herculano”, situada no nº 223 da rua Alexandre Herculano; e no “Pinheiro Manso”, no nº206 da Rua do Pinheiro Manso. Esta atividade tem lugar no dia 29 de novembro, sábado.

A II Semana da Reabilitação Urbana Porto é organizada pela parceria Promevi/Vida Imobiliária e conta com os apoios da Porto Vivo, SRU e da Câmara Municipal do Porto, além dos patrocínios institucionais da CCDR-N, INCI, IHRU e AICCOPN e de empresas como a Caixa Geral de Depósitos, Schmitt+Sohn, Lucios , Secil, Sonae Indústria, Weber, e Luz e Som.

Fonte: VI