quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Rendas e empréstimos à habitação voltam a entrar no IRS

Despesas com lares também reentram para as deduções à colecta. Partidos da maioria deixam cair cláusula de salvaguarda.

Os encargos com a educação, as rendas ou empréstimos para habitação ou com lares vão continuar a ser dedutíveis no IRS. PSD e CDS entregaram ontem no parlamento as propostas de alteração ao novo Código do IRS, que entrará em vigor no próximo ano. A principal mudança prende-se com as deduções à colecta, onde voltam a surgir despesas que actualmente entram no IRS, mas tinham desaparecido na proposta do executivo, que está agora em discussão na Assembleia da República.


Fonte: Jornal i