segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Venda de imóveis do Estado rende apenas 5% do previsto

A mega-operação de venda de imóveis que o Estado lançou na semana passada ficou, uma vez mais, aquém das expectativas. A Direcção-Geral do Tesouro e Finanças (DGTF) tinha colocado em hasta pública 47 activos, prevendo arrecadar receitas de 11,7 milhões de euros, mas só conseguiu compradores para quatro imóveis, encaixando pouco mais de meio milhão de euros.

De acordo com os resultados publicados no site da DGTF, foram vendidos dois prédios e dois escritórios em Lisboa por 564.100 euros. Ainda assim, os compradores ofereceram mais do que o preço base de licitação: 433 mil euros no total, o que significa que se registou uma valorização superior a 30%.


Fonte: Público