segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

O que eles fazem para vender casas

Era um homem de aspecto irrepreensível: vestia um fato de corte moderno, fumava cachimbo e falava português correctamente. Na mão trazia uma revista sobre casas de luxo.

Maria de Lurdes, mediadora há mais de dez anos, estava de serviço na agência quando o cliente entrou para sondar um negócio: apresentou-se como "conde de Ponthieu" e queria investir em 14 apartamentos de um condomínio de luxo no bairro da Graça, em Lisboa. "Eram os que sobravam porque a maioria dos imóveis já tinham sido vendidos em planta", conta a agente.


Fonte: Sábado