quinta-feira, 23 de abril de 2015

Alienação de imóveis: Finanças queriam 3,5 milhões, conseguiram 149 mil

A falta de sucesso nas hastas públicas da Direcção-Geral do Tesouro e Finanças voltou a confirmar-se na última iniciativa. As Finanças voltam à carga no final do mês, com um lote que conta com o Hotel da Guarda.

A hasta pública realizada esta quarta-feira, 22 de Abril, pela Direcção-Geral do Tesouro e Finanças (DGTF) voltou a comprovar a fraca adesão dos investidores a este tipo de iniciativas. A informação encontra-se disponível no "site" da entidade.

Continuar a ler...

Fonte: Negócios