segunda-feira, 20 de abril de 2015

Câmara do Porto prevê admitir 400 novos pedidos de habitação

A Câmara Municipal do Porto estima admitir 400 novos pedidos de habitação, em consequência da revisão dos critérios de atribuição dos fogos municipais.

“A principal alteração dos critérios da matriz diz respeito aos rendimentos mais baixos, nos quais deixa de haver subdivisões para rendimentos abaixo de 550 euros”, esclareceu Manuel Pizarro, vereador da Habitação da autarquia, no final da reunião pública do executivo, do dia 7 de abril.

A nova matriz será aplicada “a todos os pedidos” de casa apresentados “ a partir de 01 de abril” mas também aos submetidos a apreciação “ no último ano e meio”, informou Manuel Pizarro.

Fonte: SRU Porto