terça-feira, 19 de maio de 2015

Águas do Porto requalifica espaço urbano

As Águas do Porto vão avançar com uma importante obra na Rua Santos Pousada, na freguesia do Bonfim. À semelhança da obra que foi já lançada na marginal, a Câmara do Porto aproveita a oportunidade para fazer requalificação urbana à superfície.

Por baixo da Rua Santos Pousada existe o maior problema de águas pluviais da cidade do Porto, resultante da existência de cursos de água entubados. A existência da rede de metro e a força da água causam inúmeros problemas à superfície e inundações na Estação de Metro do Campo 24 de Agosto. A obra, agora lançada pela empresa municipal Águas do Porto vai permitir resolver os problemas tendo o projeto de intervenção sido coordenado com o Pelouro da Mobilidade da Câmara do Porto que estabeleceu um plano de intervenção e requalificação à superfície.

A obra permitirá ainda a requalificação à superfície daquela artéria e zona envolvente. O concurso público foi lançado hoje pela empresa municipal Águas do Porto, prevendo começar as obras após o S. João, em julho. O investimento é de 3,4 milhões de euros.

As obras, que decorrerão durante 16 meses e que vão obrigar a alguns condicionamentos de trânsito (que serão divulgados na altura pelo Portal do Porto), estendem-se por dois quilómetros, começando por várias frentes de obra (quer a montante, quer a jusante da rua). Esta opção permitirá encurtar possivelmente a obra para 16 meses.

A obra vai permitir resolver os problemas, tendo o projeto de intervenção sido coordenado com o Pelouro da Mobilidade, que estabeleceu também um plano de intervenção e requalificação à superfície.

O plano passa por asfaltar toda a rua, alargar passeios e largos, aplicar caldeiras nas árvores, controlar o estacionamento abusivo, reposicionar passadeiras e equipamento urbano existente, colocar papeleiras, aplicar contentores enterrados, substituir a iluminação pública e plantar novas árvores.

Na conferência de imprensa, que contou com a presença do Presidente da Câmara, Rui Moreira, da vereadora da Mobilidade, Cristina Pimentel, e do presidente das Águas do Porto, Matos Fernandes, foi realçada a importância desta empreitada, tornando, como sublinhou Rui Moreira, "a cidade mais confortável e interessante para todos os seus habitantes, em especial e no caso concreto na Rua Santos Pousada e zonas envolventes".

Fonte: jfbonfim