terça-feira, 12 de maio de 2015

Um milhão de casas arriscam aumento de IMI

O eventual agravamento do IMI nas habitações secundárias pode provocar uma subida da carga fiscal para cerca de 1,1 milhões de casas que não estão a ser utilizadas de forma permanente pelos proprietários.

O aumento do imposto sobre segundas residências foi sugerido pelos 12 economistas ligados ao PS que estudaram o cenário macroeconómico até 2019. A medida tem como intuito aumentar a oferta do mercado de arrendamento, “penalizando fiscalmente a detenção de imóveis sem utilização”.


Fonte: SOL