sexta-feira, 19 de junho de 2015

Avaliadores imobiliários terão regras mais exigentes

Nova lei explicita que remuneração dos peritos não pode depender do valor da avaliação dos imóveis. Multas podem chegar aos 300.000 euros.

O projecto de lei que regula o acesso e o exercício da actividade dos peritos avaliadores de imóveis que prestem serviços aos bancos chegou ao Parlamento, dois anos após ter começado a ser discutido no seio do Conselho Nacional de Supervisores Financeiros. Recorde-se que, no pico da crise do sector bancário em Portugal, várias entidades, nomeadamente as associações do sector imobiliário, acusaram a banca de promover avaliações de imóveis baixas de forma a conceder menores montantes de crédito.