segunda-feira, 29 de junho de 2015

Fisco aperta cerco às rendas paralelas

O mercado do arrendamento paralelo é mais acentuado no turismo por ser uma actividade sazonal. Combater o arrendamento paralelo é uma das promessas do fisco, e terá como principal alvo o turismo já que é uma actividade sazonal.

Aliás, os arrendamentos clandestinos foram uma das áreas de fragilidade identificadas durante as visitas da troika com os técnicos a estimarem que estes representariam cerca de 50% dos arrendamentos residenciais legais e que rondam os 800 mil.

Continuar a ler...

Fonte: Jornal i