quinta-feira, 11 de junho de 2015

Lei das rendas não dinamiza o mercado

Há um desfasamento entre a oferta e a procura de casa. O mercado de arrendamento não está a ser dinamizado pela lei de 2012 e, pelo contrário, está a cair enquanto se assiste à recuperação da compra e venda de casas.

De um lado, os preços do arrendamento que ainda são considerados elevados para os rendimentos das famílias, o desfasamento da oferta face à procura e a Euribor historicamente baixa têm levado a um aumento da compra e venda de casas.

Para o presidente da AIL, Romão Lavadinho, "o mercado não está a funcionar porque as rendas são muito elevadas: as famílias não podem pagar mais de 350 euros ou 400 euros por uma renda".