segunda-feira, 8 de junho de 2015

Tiago Mota Saraiva: O casino do imobiliário

Este novo fôlego imobiliário repete e agrava os erros de outrora. Nas áreas da Grande Lisboa e Porto, os preços das casas estão mais caros, respectivamente, 4,4% e 2,8% por comparação com 2005. Mais: na Grande Lisboa, entre 2014 e 2015, os preços de venda subiram 8,6%.

Ora, se em 2014 o movimento de compra de imóveis esteve muito associado às ondas de choque do caso BES, com pequenos e médios investidores a transferir activos da banca para o imobiliário, desde 2015 que parece ser o reaparecimento do crédito imobiliário a suportar mais esta disparatada subida de preços.

Continuar a ler...

Fonte: Jornal i