sexta-feira, 17 de julho de 2015

C&W comercializa 100% do edifício Mar Vermelho

A Cushman & Wakefield (C&W) colocou a Privatair e a Truewind-Chiron no edifício Mar Vermelho, no Parque das Nações, em Lisboa, concluindo assim a comercialização da totalidade do imóvel.

A Privatair, empresa de aviação com sede em Genebra, ocupa 388 m2, enquanto a consultora Truewind-Chiron ocupa 367 m2.

O edifício conta igualmente com ocupantes de prestígio tais como a Adecco, Regus, Goodyear, Blue Water Shipping, DTV Research, CSL Behring, entre outros.

A gestão do edifício é da responsabilidade da Cushman & Wakefield, tendo a comercialização sido efetuada juntamente com a CBRE, em regime de co-exclusividade.

Com cerca de 7.000 m² distribuídos por 9 pisos, o edifício Mar Vermelho está localizado em plena zona empresarial do Parque das Nações, tendo uma grande visibilidade de fachada e uma forte imagem corporativa – características essenciais para o sucesso do arrendamento do edifício.


Caracterizado essencialmente pela oferta que dispõe em termos de serviços, comércio e restauração, o Parque das Nações é servido por excelentes acessibilidades, devido não só a proximidade à Gare do Oriente (que disponibiliza transportes públicos de metropolitano, autocarro e comboio), mas também aos principais eixos viários da cidade, tais como a A1 (Norte), o IC17 e a Ponte Vasco da Gama (Sul).

Fonte: Cushman & Wakefield