segunda-feira, 13 de julho de 2015

Novos 'vistos gold' podem fazer disparar investimentos

Segundo os dados do SEF, até à data os ‘vistos gold' representaram uma entrada de investimento directo de 1,4 mil milhões de euros. A APR (Associação Portuguesa de Resorts) estima que com a extensão da Autorização de Residência para Investimento (ARI) para áreas como a ciência, cultura e reabilitação urbana o valor deverá duplicar no curto prazo, ultrapassando os três mil milhões de euros. Este valor não inclui os gastos realizados nas outras áreas para além do montante afecto a obtenção do visto.

A APR considera positiva a publicação da nova lei sobre os ‘vistos gold' e compreende que a alteração introduzida através da Lei n.º 63/2015, publicada a 30 de Junho, resulta de uma visão alargada de um programa que tem demonstrado resultados positivos para o país.