segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Rendas caras dão novo impulso à compra de casa

André e Leonor nunca pensaram em comprar casa mas depois de ano e meio a viverem num T2 arrendado no centro de Lisboa mudaram de opinião.

"Decidimos que queremos ter uma casa nossa, que vamos comprar casa própria. Acabámos de assinar o contrato de promessa de compra e venda", afirmaram ao Dinheiro Vivo. Os rendimentos são os mesmos que tinham quando começaram a viver juntos, mas a decisão de comprar o primeiro imóvel acabou por surgir quando perceberam que "é possível pagar o mesmo ou menos ao banco do que se paga a um senhorio".