quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Freguesias de Lisboa vão procurar casas no mercado para refugiados

As Juntas de Freguesia de Lisboa comprometeram-se esta terça-feira a procurar casas no mercado imobiliário para disponibilizar a refugiados que se instalem na cidade, cujo arrendamento será subsidiado, durante dois anos, por estas autarquias ou particulares.

A ideia partiu da presidente da Assembleia Municipal de Lisboa (AML), Helena Roseta, e foi bem recebida pelos representantes das 24 freguesias e pelos partidos com assento na AML, que hoje se reuniram no Fórum Lisboa, no âmbito do grupo de trabalho de apoio aos refugiados na cidade.


Fonte: Negócios