quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Subida do IMI deve ser usada para baixar imposto das transações de imóveis

Portugal está entre o grupo de países da União Europeia onde a Comissão Europeia sugere que parte da carga fiscal que incide sobre as transações de imóveis seja transferida para os impostos que incidem sobre casas e terrenos.

No relatório sobre as "Reformas fiscais de 2015", hoje divulgado, Bruxelas identifica oito Estados-membros com uma carga fiscal elevada sobre as transações de imóveis, ao mesmo tempo que as taxas que incidem sobre o património imobiliário "não são particularmente elevadas".