sexta-feira, 9 de outubro de 2015

JLL e B. Prime colocam nova empresa no setor das novas tecnologias no edifício Liberdade 225

A JLL e a B. Prime concluiram a operação de arrendamento de um escritório para um novo inquilino no edifício Liberdade 225, na avenida da Liberdade, em Lisboa.

O novo ocupante é uma empresa da área das novas tecnologias que irá instalar-se numa área de 319 m² de escritórios no 4º piso do edifício. A JLL atuou em representação do proprietário neste processo, enquanto que a B. Prime apoiou o inquilino.

“A avenida da Liberdade continua a ser a localização de maior prestígio para as empresas em Lisboa. Completamente reabilitado há cerca de dois anos, o Liberdade 225 destaca-se no panorama da oferta atualmente disponível naquela artéria, pois é um dos poucos edifícios com disponibilidade imediata, com amplas áreas por piso e equipado segundo os mais exigentes e modernos requisitos.

É um dos imóveis melhor posicionados para responder à procura nesta fase de retoma da atividade, e estamos muito confiantes de que a comercialização continuará a ser um sucesso”, comenta Tiago Trezentos, Consultor Sénior do Departamento de Office Agency da JLL Portugal.

Segundo Paulo Henriques, Partner da B. Prime: “Acompanhámos esta nova empresa nacional na procura da sua sede. Procuravam instalações localizadas no Centro de Lisboa e que oferecessem as melhores condições de trabalho aos seus colaboradores. Depois de se visitarem diversas alternativas, o edifício Liberdade 225 foi o selecionado na medida em que respondia na íntegra aos requisitos desta nova empresa: localização, imagem corporativa, sofisticação tecnológica e um excelente rácio qualidade/preço”.

Recentemente adquirido por um investidor institucional português num processo que também contou com a participação da JLL, este é um dos mais recentes e qualificados edifícios de escritórios da avenida da Liberdade, em Lisboa, tendo sido completamente reabilitado em 2013. Comercializado pela JLL em regime de co-exclusividade com a Worx, conta com uma área bruta de construção de 6.142 m² distribuídos por nove pisos acima do solo, incluindo 5.334 m² para uso de escritórios e outros 8080 m² para uso comercial nos pisos 0 e 1. É ainda servido por estacionamento em cave com capacidade para 44 viaturas.

Fonte: JLL e B. Prime