sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Luís Lima: Mês de IMI é mês de imenso aperto

Quem paga mais de 500 euros de Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) fá-lo em três prestações, sendo que a última ocorre no presente mês de novembro. Este é, pois, um bom momento para abordar a eterna questão da fiscalidade (excessiva) sobre o património construído.

Há anos que o IMI sobe exponencialmente. E são cada vez menos os beneficiários das isenções deste imposto, com o fim de muitos dos prazos concedidos no boom do imobiliário dos anos 80 e 90 do século passado e com um filtro cada vez mais apertado na concessão das isenções.

Continuar a ler...

Fonte: SOL