quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Viana do Castelo investe na regeneração urbana para ser uma cidade global

Um alinhamento inesperado de diversos factores contribuiu para que, desde os anos 70 do século passado, a maioria dos chamados centros históricos das cidades portuguesas entrasse em processo acelerado de degradação.

O congelamento dos arrendamentos foi, para a maioria dos agentes envolvidos, um dos factores que mais fortemente contribuiu para essa degradação – peso embora a ‘bondade’ que estava inicialmente por detrás desse congelamento.

Continuar a ler...

Fonte: DE