sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Construção perdeu mais de 300 mil trabalhadores em sete anos

A falta de obras públicas e a crise do imobiliário empurraram milhares de pessoas para o desemprego. Alguns emigraram, enquanto outros resistem com dificuldade.