sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

4.507 candidaturas submetidas ao Programa Porta 65-Jovem

No período de candidaturas ao Programa Porta 65-Jovem, que decorreu entre 16 de dezembro e 13 de janeiro, foram submetidas 4.507 candidaturas, o que representa um aumento de 20% no número de candidaturas face ao período homólogo de 2014, e 40% face ao mesmo período de 2013.

É nos grandes centros urbanos que se regista o maior número de candidaturas, com Lisboa a liderar o top 5, com 466 candidaturas, seguida de Vila Nova de Gaia com 259 candidaturas. Seguem-se Porto, 235; Sintra, 203 e Braga com 147.

As candidaturas agora submetidas serão apreciadas pelo IHRU,IP, de acordo com uma ordem de precedência, atendendo à Dimensão e Composição do Agregado; Proporcionalidade da taxa de esforço; Rendimento Mensal; Proporcionalidade da renda e Situação financeira dos ascendentes.

Recorde-se que o Programa Porta 65-Jovem apoia o arrendamento de habitação para residência permanente, tendo como beneficiários jovens com idade igual ou superior a 18 anos e inferior a 30 anos; Jovens em coabitação; Jovens casais ou em união de facto (um dos elementos pode ter até 32 anos). O apoio consiste na atribuição de uma percentagem do valor da renda como subvenção mensal, sendo beneficiadas as candidaturas que englobem menores e pessoas com deficiência e que se encontrem em localizações especiais.

Caracterização das candidaturas submetidas |  Porta 65-Jovem

Fonte: Portal Habitação