quinta-feira, 3 de março de 2016

Imobiliário português estarrecido com quebra de vistos “gold”

A confederação do imobiliário e a associação dos mediadores do sector manifestam-se bastante preocupadas com a grande quebra registada no programa de vistos “gold” em Janeiro. Dizem que é “um péssimo sinal para o mercado e para a sustentabilidade” deste instrumento.

O sector português do imobiliário mostra-se apreensivo com os últimos números do programa de vistos "gold", que dão conta da captação de apenas 39 milhões de euros de investimento estrangeiro no primeiro mês deste ano, menos 38,6 milhões do que no mês anterior, em resultado da atribuição de apenas 60 autorizações de residência em Janeiro, menos 30 do que em Dezembro.

Continuar a ler...

Fonte: Negócios