sexta-feira, 11 de março de 2016

Preços das casas vão subir 2,5% já em 2017

Consolidar a estabilidade política e económica a nível interno e relançar medidas de incentivo ao investimento estrangeiro são medidas consideradas determinantes para estimular a compra e venda de casas. Esta é uma das conclusões do último inquérito Portuguese Housing Market Survey (PHMS). Ainda assim, os vários players que atuam no mercado residencial acreditam que esta atividade vai «continuar a evoluir positivamente».

O diretor da Confidencial Imobiliário (Ci), Ricardo Guimarães, afirma que «os agentes inquiridos acreditam claramente no potencial do mercado, em especial tendo em conta a dinâmica da procura gerada por investidores internacionais e por turistas».

Continuar a ler...

Fonte: SOL