segunda-feira, 4 de abril de 2016

Edifício Entreposto atinge os 100% de ocupação

O Edifício Entreposto acaba de atingir os 100% de ocupação. O mais recente inquilino é a Câmara Municipal de Lisboa, que arrendou um espaço de 4.492 m² naquele que é um dos maiores edifícios de escritórios de Lisboa, localizado em plena Praça José Queiroz, na zona oriental da cidade.

Mariana Rosa, diretora do departamento de Office Agency da JLL Portugal, comenta: “O edifício Entreposto é uma referência nesta zona da cidade pela sua dimensão, localização e oferta de infraestruturas de apoio aos seus inquilinos.

Mas, além disso, a sua capacidade de adaptação aos requisitos atuais das empresas foi também determinante para que se atingisse a ocupação plena neste processo de comercializaçee balanço extremamente positivião, do qual fazemos um balanço extremamente positivo”.

Para Pedro Salema Garção, Head do departamento de Agency da Worx “Este edifício oferece grandes áreas e uma excelente localização no limiar da zona 5 (Parque das Nações), que é neste momento a zona com a taxa de desocupação mais baixa, a situar-se nos 4,85%, e onde é difícil encontrar disponibilidade de áreas grandes. Possui ainda boas acessibilidades, beneficiando da estação de metro, em frente. Ficámos muito satisfeitos por um cliente tão importante como a CML ter optado por esta solução.”

António Duarte Guerreiro, Diretor Geral do Entreposto Gestão imobiliária, S.A., refere “Estão de parabéns a JLL e Worx pelo excelente trabalho realizado na angariação de clientes de referência, ocupando áreas significativas, conseguindo assim num curto espaço de tempo terminar a comercialização de toda a área de escritórios do Edificio Entreposto, propriedade do Entreposto Gestão Imobiliária, S.A.”

Propriedade da Entreposto Imobiliária e comercializado em regime de co-exclusividade pela JLL e pela Worx, este edifício encontra-se numa das principais portas de entrada e de acesso ao centro de Lisboa, a Praça José Queiroz. O imóvel totaliza 25.000 m² de escritórios distribuídos por quatro pisos, incluindo ainda algumas lojas no piso 0, bem como um restaurante para 250 pessoas, posto médico, salas de reunião, armazéns e estacionamento. Com uma circulação diária de mais de 2.000 pessoas, entre a sua comunidade de ocupantes incluem-se entidades como a SATA, a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, a AXA, a José de Mello Saúde, a TNS, a VAL, a Medialcare, a Entreposto Auto, a Konecta, a Adecco, a Câmara Municipal de Lisboa, a Aldi, a GFI e a Câmara de Comércio Luso-Alemã.




Fonte: JLL