terça-feira, 21 de junho de 2016

Compra de casas atinge máximo de sete meses

Há sete meses que a procura de casas não atingia valores tão altos, garantem as imobiliárias. Só nos primeiros quatro meses deste ano, os bancos emprestaram mais de 1615 milhões de euros em crédito à habitação.

São mais 75% do que há um ano e quase três vezes mais do que em 2012. A incerteza sobre a economia, a crise da banca e os juros historicamente baixos - com empréstimos mais baratos e, por outro lado, um quase nulo retorno dos depósitos - estão a tornar a casa cada vez mais num investimento.


Fonte: JN