quinta-feira, 16 de junho de 2016

Edifício Liberdade 136 vendido à Prowinko

A JLL acaba de concluir a venda do edifício Liberdade 136, localizado num dos destinos preferenciais para o investimento imobiliário em Portugal, a avenida da Liberdade, em Lisboa.

O Departamento de Capital Markets da JLL atuou no negócio em representação do vendedor, a Mogno Capital, que vendeu o ativo ao investidor Prowinko Portugal SA.

Localizado junto ao Teatro Tivoli, no eixo comercial de luxo da Avenida da Liberdade, o imóvel totaliza cerca de 2.000 m² repartidos entre escritórios e retalho, encontrando-se plenamente ocupado. Na área de escritórios estão instaladas as empresas Actual Sales e Construlink, enquanto o espaço comercial recebe a André Ópticas.

João Sacadura, do departamento de Capital Markets da JLL, comenta que “apesar da compressão das yields que se verificou nos últimos 18 meses, os investidores mantêm a aposta na compra de imobiliário comercial prime, suportando-se na volatilidade dos mercados financeiros, elevadas rentabilidades do mercado imobiliário português (quando comparadas com os principais centros económicos europeus) e na progressiva melhoria do mercado de ocupação, onde já se registou um aumento da renda prime.

Edifícios de escritórios prime e retalho de rua prime de média dimensão são o tipo de produto especialmente atrativo para os investidores privados e family offices, conforme se veio a verificar nesta transação, sendo a Prowinko Portugal um investidor mais especializado na compra de ativos de retalho de rua”.

O novo proprietário do imóvel manteve a JLL na gestão do Liberdade 136, através do Departamento de Property & Asset Management da consultora.

Fonte: JLL