sexta-feira, 17 de junho de 2016

Empreendimento Boavista 62 em comercialização

A CBRE, a Quintela & Penalva e a Castelhana iniciaram o processo de comercialização do Boavista 62, um empreendimento residencial em Lisboa.

O início da intervenção de reabilitação começou no final do mês de maio e estará concluído daqui a um ano. O empreendimento é composto por 15 apartamentos com tipologias entre T1, T2 e T2 Duplex. Além da oferta residencial, parte deste projeto irá também disponibilizar uma componente de comércio de rua, com duas lojas para esta finalidade.

Promovido pela Estoril Real Estate, o empreendimento, dada a sua proximidade ao rio, cria as condições ideais para que este se torne numa referência no que se refere à compra para o segmento turístico.

Frederico Mendoça, Diretor da Agência Residencial da CBRE, refere que “este é um empreendimento com um grande potencial de desenvolvimento e é muito atrativo para o seu público-alvo. Encontra-se localizado numa zona que atualmente está numa fase de requalificação sendo que a sua intervenção terá repercussões muito positivas no conceito do Boavista 62”.

Francisco Quintela, partner e co-fundador da Quintela & Penalva salienta a aposta que a Quintela & Penalva tem dedicado à área dos empreendimentos e da reabilitação urbana “desde que decidimos criar um departamento cujo foco são os novos empreendimentos conseguimos ter uma única voz nas negociações e assegurar de forma mais estruturada o investimento na reabilitação urbana”. Carlos Penalva, também co-fundador da empresa, refere ainda que “este posicionamento interno resultou num aumento significativo da produtividade e eficácia neste segmento e o Boavista 62 é um excelente exemplo desta aposta”.

Segundo Patricia Clímaco, sócia da Castelhana, “o Boavista 62 é ideal para clientes investidores de arrendamento turístico de curta duração, que procurem rentabilidades entre 5% e 7%.”

Fonte: CBRE, Quintela & Penalva e Castelhana