quinta-feira, 9 de junho de 2016

IMI progressivo pode limitar capacidade dos municípios de fixarem taxas

Os fiscalistas contactados pela Lusa consideram que a alteração da tributação do património imobiliário, que deverá passar a ser progressiva, vai limitar a capacidade de as autarquias fixarem as taxas de IMI, alertando que significará um agravamento de impostos.

No Programa de Estabilidade, o Governo indicou que «será introduzido um mecanismo de progressividade na tributação direta do património imobiliário, tendo por referência o património imobiliário global detido».

Continuar a ler...

Fonte: Dinheiro Digital