terça-feira, 19 de julho de 2016

Número de fogos cuja construção foi licenciada em 2015 aumentou pela primeira vez desde 2000

Em 2015 o número de edifícios cuja construção foi licenciada em Portugal diminuiu 4,2% face ao ano anterior (-5,3% em 2014), tendo sido licenciados 14 917 edifícios, atenuando-se a tendência de redução registada desde 2000. O número de fogos licenciados em todos os tipos de obra foi 12 801, o que corresponde a um aumento de 11,1% face ao ano anterior (-1,5% em 2014).

Foram concluídos 10 972 edifícios, correspondendo a um decréscimo de 19,2% em 2015 (-12,0% em 2014). O número de fogos concluídos em 2015 (cerca de 9 mil fogos) registou um decréscimo de 25,7% face ao ano anterior (-21,6% em 2014). Os fogos de construções novas para habitação familiar diminuíram 25,4% (-24,4% em 2014).

O número de alojamentos familiares vendidos aumentou significativamente em 2015 (27,4%), em resultado do forte crescimento das vendas de alojamentos existentes e, em menor grau, do aumento das vendas de alojamentos novos. O valor dos alojamentos transacionados em 2015 atingiu um montante próximo dos 12,5 mil milhões de euros, mais 2,9 mil milhões que em 2014 e o respetivo índice de preços continuou a aumentar (3,1%), embora a um ritmo menos intenso que no ano anterior (-1,2 p.p.).


Fonte: INE