terça-feira, 27 de setembro de 2016

APEMIP diz que novo imposto sobre imobiliário “não faz sentido” e prejudica setor

A Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal (APEMIP) considerou esta terça-feira que o novo imposto progressivo sobre o património imobiliário “não faz sentido”, uma vez que vai “prejudicar o mercado imobiliário”.

A deputada do Bloco de Esquerda Mariana Mortágua afirmou na semana passada que está a ser estudada uma tributação adicional para o património imobiliário de elevado valor, admitindo que poderia aplicar-se a ativos a partir dos 500 mil euros.


Fonte: Observador