terça-feira, 11 de outubro de 2016

Vila Montrose: Um novo condomínio residencial no Monte Estoril

Recuperar património com história e trazê-lo para a modernidade é a proposta diferenciada do novo condomínio residencial Vila Montrose, que nascerá em pleno coração do Monte Estoril, a poucos passos da avenida Sabóia e da marginal.

O projeto preserva integralmente o chalet de 125 anos que lhe dá nome, desenvolvendo em seu redor um conjunto imobiliário, que além de recuperar outros elementos originais da propriedade irá fazer nascer novos corpos edificados. No total serão 23 apartamentos T1 a T4 duplex e uma moradia unifamiliar T4+1 duplex, integradas numa área de cerca de 5.000 m2 com duas piscinas, um jardim privado e estacionamento para residentes.

O processo de venda das unidades residenciais teve início na semana passada, estando a cargo das empresas JLL/Cobertura e Porta da Frente/Christie’s, que estão confiantes quanto ao ritmo de comercialização, adiantando que o projeto será promovido junto de potenciais clientes nacionais e estrangeiros.

Para Patrícia Barão, Head of Residential da JLL, “a zona de Estoril e Cascais é, desde sempre, um destino preferencial no segmento premium para primeira habitação quer de portugueses quer de estrangeiros que se relocalizam em Portugal. O lifestyle exclusivo ao qual esta zona está associada vai continuar a exercer uma forte atratividade sobre estes dois públicos, o que, aliado a um projeto diferenciado como a Vila Montrose, faz com que estejamos bastante otimistas quanto ao sucesso de vendas”.

Rafael Ascenso, Diretor Geral da Porta da Frente|Christie’s,acrescenta “O Monte Estoril é um local único na linha de Cascais. O seu charme. A forma como se encaixa o tradicional com o moderno. Os seus jardins, cafés, passeios e vegetação. O acesso fácil ao passeio marítimo e a tudo o que Cascais e Estoril proporcionam. Sem perder a identidade. O Vila Montrose representa tudo isto. Oferece o melhor do Monte Estoril. Temos a certeza que a comercialização deste projeto ímpar será um sucesso.”

Promovido pela Estoril Real Estate, o condomínio Vila Montrose resultará da recuperação do chalet de final do século XIX com o mesmo nome, que acolheu vários monarcas portugueses e reconhecidos empresários, banqueiros e diplomatas no virar do século. O projeto irá honrar e preservar a arquitetura apalaçada deste corpo centenário, bem como recuperar a antiga casa dos caseiros e a área das cocheiras, já existentes na propriedade, além do jardim de inspiração romântica construído pelo seu segundo proprietário em 1900.

No antigo chalet nascerão três apartamentos de tipologias T2, T3 duplex e T3+1 Triplex, com áreas entre os 152 e os 179 m2, enquanto que a antiga residência dos caseiros é recuperada para se transformar na única moradia unifamiliar do condomínio, de tipologia T4+1 duplex, com uma área de 427 m2, incluindo um amplo terraço e um jardim de uso privado. A Vila Montrose integra ainda novos edifícios junto à zona das cocheiras, com um total de 20 apartamentos, com áreas que podem variar entre os 77 e 259 m2 nas tipologias T1 a T4 duplex. O jardim que enlaça toda a propriedade, numa área total de aproximadamente 4.000 m2, permitirá ainda aos residentes usufruir de duas piscinas.

Em termos de acabamentos e equipamentos, o projeto foi pensado ao pormenor, recorrendo ao uso de materiais nobres e sofisticados, mas ao mesmo tempo suficientemente neutros para que cada família possa imprimir o seu próprio estilo na decoração. Em termos de disposição interior das unidades residenciais, a amplitude quer das áreas de uso privado quer de uso social são uma mais-valia do projeto Vila Montrose, que aposta ainda na integração de zonas de terraço, varandas e janelas de grande dimensão para que os residentes possam usufruir da vista ímpar sobre o oceano Atlântico, localizado a apenas 300 metros do condomínio. Para garantir o conforto dos residentes, o projeto disponibiliza ainda estacionamento privado com capacidade para 63 viaturas, além de zonas de arrumo.

A construção do condomínio Vila Montrose deverá ter início durante o último trimestre do presente ano, prevendo-se a conclusão dos trabalhos no 4º Trimestre de 2018.

Fonte: JLL/Cobertura e Porta da Frente/Christie’s