segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

26 mil m2 colocados nas Torres das Lisboa

A B. Prime e a Worx, consultoras imobiliárias responsáveis pela comercialização em regime de co-exclusividade das Torres E e G do complexo das Torres das Lisboa, atingiram 90% de ocupação dos imóveis.

Da autoria do Arquiteto Frederico Valsassina, o complexo das Torres de Lisboa é constituído por 4 edifícios principais de 16 pisos e 4 edifícios intermédios de 5 pisos. Para além da sede da Galp, acolhe empresas como a Manpower, Global Media Group, Sky, Medtronic, Mazars e o Bristish, entre outras.

A Torre E, alvo de profundas remodelações em 2014, disponibiliza apenas 700m2 de escritórios e 934m2 de um espaço com acabamentos para uso médico, ideal para acolher uma clínica ou laboratórios. A Torre G dispõe ainda de uma área disponível de 1635m2.


As Torres E e G que se caracterizam pela eficiência de espaço beneficiam de todas as características técnicas necessárias nomeadamente, pavimento técnico sobre-elevado, teto falso modular com iluminação embutida, serviço de concierge, segurança 24h e estacionamento privado e público.

As Torres de Lisboa estão situadas junto a duas das principais artérias de acesso à cidade: 2ª Circular e Eixo Norte-Sul, sendo o acesso aos edifícios efetuado através da Estrada da Luz.

Fonte: B. Prime e Worx